Toda brincadeira acaba.

19 de outubro de 2009


A menina brincava
alegre
no meio
da rua.

Todos passavam,
olhavam,
admiravam,
sorriam.

A menina pulava corda,
amarelinha
e brincava com seu balão.

Começou a chover,
mas ela
continou a brincar.

Ouviu-se barulhos,
fortes estrondos, pessoas gritavam.
A menina não parou.

A multidão se espalhou
correndo por todos os cantos
em desespero.

A menina brincava,
sorria,
não via.

Um vulto cinzento
por entre as casinhas passou
e num só segundo
a brincadeira da menina acabou.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

1 comentário (s)