Vírgulas.

26 de novembro de 2009

Texto para PostIt 
Tema: Despedidas


De repente, tudo o que foi um sonho está prestes a ganhar uma vírgula. Sim, uma vírgula, pois creio que o termo ponto final é muito forte para esse assunto. Acontece que, quando estamos dentro de certas situações chamadas despedidas, essa vírgula parece tornar-se um ponto definitivamente final num passe de mágicas.

Despedidas me lembram rodoviárias, ônibus, estações de metrô, abraços e tímidas lágrimas. Tais gotas que caíram dos meus olhos foram um símbolo de minha alegria pausada por uma simples palavra denominada distância.

Não importa o quão ampla seja a despedida - cinco minutos, um dia, semanas, meses, anos - e essa palavra triste não está relacionada somente aos amigos. Ela também se relaciona com momentos os quais esperamos muito tempo para viver e, simplesmente em míseras horas, acabam.

É realmente triste saber que nada é para sempre, mas lembre-se de que a maior parte das coisas mais lindas que vivemos podem ser pausadas com um até logo ou uma vírgula... e não com um seco e rápido adeus.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

2 comentário (s)