Estava muito bom pra ser verdade.

28 de dezembro de 2009

Geralmente, quando as nossas vidas estão no auge da felicidade, cheias de esperança e ansiedade, pensamos que nada de mal pode acontecer pra acabar com toda essa euforia. Porém, a vida não se faz só de momentos felizes. É fácil falar que temos ''altos e baixos'' enquanto vivemos, mas é muito difícil viver isso na realidade.

Quando nos deparamos com notícias ruins, queremos voltar ao tempo e fazer qualquer coisa que possa desfazer a tristeza em que estivermos, porém isso é impossível. Tudo o que nos resta a fazer é tentar nos distrair e esperar o mais temido dos males: o tempo.

O tempo passa rápido nos bons dias e muito devagar nos dias não tão bons assim. Devemos aprender a viver com o tempo, principalmente nesses momentos de tristeza, onde ele não passa com a velocidade que gostaríamos que ele passasse.

Hoje, recebi uma das notícias mais tristes da minha vida, a qual me fez chorar bastante e tentar arranjar um meio de fazer com que ela não tivesse acontecido. Eu não podia fazer nada, só esperar. Esperar pelo tempo que não passava. Me distraí muito durante todo o dia e agora, quando o sol já se foi, estou mais calma, apesar de ainda estar triste, obviamente. Sei que tudo ficará bem e que isso, mais tarde, não vai significar nada na vida dos meus amigos e na minha própria vida, pois sempre fomos unidos e nem o que aconteceu hoje será capaz de nos separar.

Esse texto serve tanto para o iddeb, como para a minha classe inteira.

talvez você também goste:

6 comentário (s)

  1. Pois é, hoje, com essa notícia foi um baque, mas temos que levantar a cabeça, porque nossas vidas estarão sempre unidas de onde estivermos.
    Bom, em 2010, todos estarão bem, mas com a saudade imensa e nada mais vai me fazer com que eu esqueça desses louquinhos, que mudaram minha vida.

    ResponderExcluir
  2. Independente do que aconteceu tudo passa, ou aprendemos a conviver com aquilo.

    Ameeeeiii o Blog.
    Tô seguindo.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir