Aquela festa.

21 de abril de 2010

Texto para Bloínquês
13ª edição visual
Tema: essa foto
"Eles estão vestidos para uma festa. Ela parece estar chorando e ele falando alga pra ela."


- Hey, vem cá! - sussurrou Tom, olhando Sara nos olhos.
- Pera aí, poxa! - retrucou a moça, irritada - Adoro essa música!
- Você não tem cara de gosta de Rihanna, meu bem. - ironizou.
- Ó céus - resmungou Sara, deixando a pista de dança.
Tom a pegou pelas mãos e a trouxe para perto de si.
- Eaí, rola um afeto, gata?
- Não.
- Tem orkut? - perguntou ele, com voz sedutora.
- Não adiciono desconhecidos.
- Nem se eu deixar scrap?
- Com ou sem scrap você ainda será um desconhecido em minha vida, querido.
Tom a trouxe ainda mais para perto dele.
- Você parece tão triste...
- Será que dá pra me soltar ou quer que eu encarne o Jackie Chan?- reclamou Sara, se afastando.
- Por que esse nariz vermelho e esses olhinhos miúdos? Está triste?
- Tô gripada, idiota.
- Calma... - disse Tom, sorrindo - Você é muito revoltada.
- Sai daqui, seu feio.
Nesse instante, o celular de Sara toca. Ela atende.
- Alô? Ah... sim, perfeito. - pausou - Tá tudo certo, então, Sharlene? Está bem. Tô indo pra aí agora.
Sara desliga o celular.
- Ih, vai ter que sair, gata? - perguntou Tom.
- Vou sim - respondeu Sara, com certo mistério nos olhos - Vou cuidar do velório do outro trouxa que tentou me pegar nessa festa.
Ps: Não me entendam mal, não quis "zoar" com nada não. Só quis ser diferente, fazer algo engraçado, partindo de uma foto assim, desviando um pouco do assunto "eu te amo" que ela transmite.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

1 comentário (s)