A pequena caixinha de surpresas.

26 de julho de 2010

Texto para Bloínquês
Edição visual
Tema: essa foto

Lúcia levou 6 tiros.
Seis grandes e pesados tiros.

O primeiro foi em suas mãos. Delicadas e leves mãos. Atravessou a esquerda e atingiu a direita. Enquanto a primeira cambaleava endoidecida, a outra saltitava desesperadamente.

O segundo foi em seus ouvidos. O tiro se dividiu em dois, um para cada um. O ouvido esquerdo puxou o som que foi rapidamente detectado pelo ouvido direito.

O terceiro foi em sua cabeça. Perfurou seu cérebro, lentamente, como uma agulha de uma injeção dolorida, que insiste em dançar pelas veias dos pacientes. Porém, Lúcia era do tipo de paciente que amava observar seu sangue sendo sugado pela seringa e se divertia em ver a agulha bailando por suas finas veias.

O quarto e o quinto foram em seus dois olhos, respectivamente. Sem demora, ambos se fecharam e acompanharam os movimentos lentos de suas mãos, que ainda cambaleavam e saltitavam.

Por fim, o sexto. No coração. Esse último invadiu sua alma, completamente. Deu-lhe um sorriso maior, uma nova feição. Descobriu o quanto tudo aquilo era imensamente mágico.

Lúcia sentia-se bem. Estava no meio de seu quarto, sentada em seu banquinho xadrez. Tocava piano.

Cada nota era um tiro. Cara tiro era uma explosão de cores dentro dela. A magia começava em suas mãos, aquelas delicadas mãos do início. Depois viajavam pelos seus ouvidos, entravam em sua mente, caminhavam até seus olhos e pousavam em seu coração. Era uma mistura de novos sentimentos, novas alegrias, novas emoções... era uma pequena caixinha de surpresas...

... uma pequena caixinha de surpresas que Lúcia carregava dentro de si enquanto tocava suas doces canções.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

3 comentário (s)