Very much alive...

13 de setembro de 2010

... é até um tanto irônico falar que estou feliz, sendo que há menos de 24 horas eu estava num poço de tristeza (música mórbida aqui pra expressar o draminha).

odeio ficar triste depois de feliz,
e feliz depois de triste.

seilá, isso faz a tristeza parecer falsa e a felicidade passageira.


Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

2 comentário (s)