A nuvem fofinha

22 de outubro de 2010


A nuvem fofinha que cobriu o céu daquela tarde fez com que eu parasse de viver por alguns minutos para observá-la. Não, não morri. Apenas parei de pensar nas preocupações as quais me afligiam, de falar, de movimentar-me... foram minutos tranquilizantes que me fizeram refletir sobre tantas coisas... E, de repente, toda a tristeza foi embora. Estou feliz. Ó, como pode uma simples nuvem rosada fazer minha vida mudar tão rapidamente? Modéstia parte, sou a pessoa mais feliz do mundo.

Sempre terá uma nuvem fofinha pra deixar-nos felizes ou fazer com que reflitamos sobre o que quer que seja.

E o mundo poderia ser coberto por nuvens fofinhas. É.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

1 comentário (s)