Homophobia is gay

8 de novembro de 2010

(Gerard Way e Frank Iero - My Chemical Romance)

Estou revoltada hoje. Algumas coisas que aconteceram durante esses dias me deixaram realmente puta e eu vou usufruir dessa minha pequena liberdade de expressão chamada blog. Eu quero mais do que nunca expressar toda a raiva que eu sinto quando respiro o ar preconceituoso de alguém perto de mim, seja onde for.

Acho tão baixo o fato das pessoas tratarem o homossexualismo como uma coisa à parte da realidade ou da normalidade. Nada pior do que um preconceito oculto dentro de um sorriso falso. Se você se diz à favor das cores felizes e faz cara de nojinho quando vê isso no seu dia-a-dia, eu tenho pena de você e juro que adoraria ter uma oportunidade para vomitar na sua cara.

Ou você passa a ver o mundo de uma maneira homogênea para que as próximas gerações passem a enxergar isso como algo natural, ou você será mais um ser digno de pena. Estou cagando e andando para suas concepções antiquadas provenientes de uma mente ignorante.

Já dizia alguém: "If you don't like it, GO HOME!"
E eu completaria: MOTHERFUCKER!

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

3 comentário (s)