Memórias

18 de fevereiro de 2011

Acreditamos, na teoria, que nossos sonhos se tornam realidade se tivermos esperança e foi em 18 de fevereiro de 2008 que eu descobri que tudo o que sonhamos pode se realizar, na prática.

Era um sonho que qualquer adolescente um dia teve: ver o show de sua banda favorita.

Aos treze anos, lá estava eu, com meu ingresso, faixa e pom-pom's, no meio daquela fila quilométrica, com as pilhas da câmera dentro do tênis. De repente, como num passe de mágica, aqueles holofotes iluminaram a silhueta dos meus pequenos heróis - os integrantes - e eles logo começaram a mostrar pra todos nós que eles realmente existiam. Foram momentos inesquecíveis, desde a voz de todos aqueles fãs se unindo no decorrer das músicas, até o ''so long and good night'', do final do show, com direito ao tchauzinho de miss-universo super diva do vocalista.

Mesmo após três anos, guardo esses momentos aquecidos dentro do coração e faria o impossível pra vivê-los novamente.

Killjoys, make some noise!

Manie
Estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. Tenho 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tento ver graça nas coisas simples do dia-a-dia.

Você poderá gostar também:

1 comentário (s)