Um salto, yes!

9 de maio de 2011

(post atrasadinho, mas tá valendo).

Legal, agora as bee podem se casar perante a lei e compartilhar seus bens como bem entenderem, assim como os casais heterossexuais. E eu estou mais do que contente com essa decisão e apoio com convicção.

Andei passando por alguns tópicos em determinadas comunidades no orkut e vi comentários tão opostos ao meu pensamento que preferi ficar na minha e postar aqui um pouquinho do que eu penso. Não concordo com a ideia de que os heteros devem ficar quietinhos "porque isso é problema dos gays". Não me venha fazer ficar quietinha numa democracia que, por mais mascarada que seja, vem dando seus passinhos para que sejamos um país melhor.

Todos estamos vivos para sermos felizes, independente de religião, e as leis nos ajudam a alcançar esse objetivo. Se vivemos numa democracia, temos o direito de sermos felizes da maneira que bem entendermos. Da mesma forma que os nossos pais decidiram se unir em prol de suas felicidades, existem pessoas que lutaram durante muitos anos por esse direito e, hoje, podem realizá-los. Agora é LEI, filhão.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

4 comentário (s)