Hoje a natureza falou comigo

27 de junho de 2011

Da janela do ônibus, observo tudo passar rapidinho: casas, prédios, padarias, canais, postes, semáforos, escolas, bares, farmácias, hospitais, igrejas, quiosques, bancos, asfalto, pessoas - muitas delas... tantas pessoas que de tanto correrem contra o tempo, perderam-se nele próprio.

E diante da correria, resolvo esticar o pescoço e olhar para o que realmente deve ser olhado: o céu, as folhas verdinhas das árvores e os pássaros. Sinto a leve brisa passar sobre o meu rosto, respiro o ar gelado do inverno e percebo que a natureza me desejava uma boa tarde.

Considero-me feliz simplesmente por estar viva e ter a possibilidade de ver alegria em coisas tão pequenas as quais passam sem ser percebidas pelo meu, pelo seu... pelo nosso dia-a-dia.

A natureza estava aqui antes da gente. Nós a destruímos e, não obstante, ignoramos sua existência. E mesmo assim, ela continua bem ao nosso lado, no cantinho dela, pronta para nos desejar boa tarde e oferecer-nos o que tem de melhor: a vida.




Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

7 comentário (s)