A little gift

8 de setembro de 2011


Ahh, tô tão feliz! Ganhei este selinho da Laysa - do blog "Nas Asas das Minhas Palavras" - e fiquei com o coração cheeeeio de tanta alegria. É muito legal saber que existem pessoas que continuam visitando meu blog, mesmo com a minha ausência constante por causa dos estudos, lendo meus textos, vendo as fotos, os vídeos, tudo... é mágico!



Manie (PE-DRI-NHA), tudo o que ela escreve, cada palavrinha me transforma. Ela tem o dom de me transportar para as suas histórias. Tão, tão simples e cativantes e críticas! os vídeos, tudo! Através do blog sei que ela está correndo com cursinhos para o vestibular e acompanho tudo. Será, sem dúvidas, uma ótima jornalista (é isso, né, o que você quer ser?). Obrigada pelo seu blog, Manie. Obrigada por dividir isso comigo.

Sim! É jornalista que eu quero ser *-* Obrigada pelo comentário e pelo incentivo!
Esse foi meu presente de hoje e vou guardá-lo pra sempre no meu coração.

________________________________________


Essa sou eu há alguns dias, estudando pra prova de Física - a qual tirei 3, valendo 10. Minha cama desarrumada, minha carinha de sono, os livros na escrivaninha e a xícara de café forte - que não saíram na foto -, enfim, minha vida anda assim.

Falando em café, eu estou entrando em estado de overdose de cafeína, porque eu chego em casa sem tempo pra dormir e tenho que ficar me drogando com doses grandes dessa bebida... Um dia eu cheguei em casa no desespero porque não tinha coador e eu tive que engolir uma colher de pó de café (nunca façam isso o_o).

Sei lá, agora nesse finalzinho de ano eu estou em uma crise de bipolaridade absurda. Tem dias que eu estou feliz, tem dias que eu estou estressada, tem dias que eu estou animada, tem dias que eu estou chorando que nem criança... é complicado. Quando chegamos nessa fase de "decidir o futuro" a gente fica meio apavorado, mas dizem que é normal. Eu, por exemplo, já nem sei mais quem sou. Passei anos e anos sonhando em ser jornalista e, de repente, entro nessa crise existencial: será que é isso mesmo que eu quero?

Poxa, mandaram eu fazer uma redação relacionando o 7 e o 11 de setembro e eu fiquei horas com a folha em branco. Será que essa coisa de escrever objetivamente é o que eu quero pra mim?

Só sei que nada sei não vou prestar vestibular. Loucura? Doideira? Não, só preciso correr atrás de tudo o que eu deixei passar durante todo esse período de ensino médio que me fez surtar de tanto estudar. Preciso voltar pra minha aula de inglês, achar algum curso de fotografia que eu sempre quis fazer, voltar pras aulas de música, continuar no cursinho comunitário e estudar sem pressão.

Descobri que eu amo estudar. Pode me dar o que for pra eu estudar e eu o farei. Até Física eu estudaria com amor se essa coisa de "tenho que aprender isso logo socorro estou ficando para trás espera gente sem vírgula mesmo pra expressar a correria e o desespero preciso tirar dez" não fizesse parte do meu dia-a-dia. Sabe, estudar as escolas literárias, geometria analítica, o filo chordata, as guerras mundiais... ler meus livros, debater, aprender, conhecer! Isso é tão mágico, meu... e ano que vem eu vou ter tudo isso e mais um pouco, podem ter certeza!

Mas enquanto 2012 não chega, tenho que continuar nessa vida doida de estudante pra poder passar de ano e terminar esse bendito ensino médio sem dever nada pra ninguém. E, claro, sempre que eu conseguir uma brecha virei aqui ao meu recanto pra fazer o que eu mais amo: escrever.

Obrigada a todos os que me leem, especialmente à Laysa pelo presente. Fiquei feliz, ganhei o meu dia!

Vejo vocês entre uma xícara de café e um livro de Química!

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

0 comentário (s)