Revoltinha

08/11/2011

Não vejo diferença entre uma pessoa que fuma um cigarro, outra que fuma um baseado, outra que fuma o gás poluído metropolitano e outra que não fuma nada. Enquanto alguns universitários lutam por causas sem noção, eu fico assistindo ao jornal e pensando se quando eu passar no vestibular desumano da USP eu entrarei na universidade pra lutar pelo meu sonho ou pra fumar um baseado. Sei lá, né, vai que eu goste da ideia.


Você poderá gostar também:

3 comentário (s)

  1. As pessoas só sabem criticar, os que fumam, mas acho que não nós atinge, atinge se começarmos a fumar, mas e a poluição sonora, a poluição do ar, da aguá, e tantas causas sem noção que há .

    ResponderExcluir
  2. Causa sem noção, como você mesma definiu. Tanta coisa importante com o que se importar e isso é o que os fazem esquentar a cabeça. Como sempre, o banal é levado mais em conta que o importante.

    Beijos, Manie.

    ResponderExcluir
  3. Lutei muito para entrar na UFS e, já lá dentro, tenho a mesma sensação.

    No fundo, o ensino publico e as pessoas tem muito o que aprender e crescer... quem sabe um dia...

    ResponderExcluir