Alguém tem um halls?

30 de janeiro de 2012

... É porque disseram que depois que paramos de fumar, o halls ajuda e desviar a atenção da vontade de voltar... Talvez com o Facebook seja a mesma coisa, né?


É muito estranho, gente, mas parece que estou em uma crise de abstinência, sabe? Funciona como uma droga mesmo... Eu fico com vontade de entrar, às vezes até esqueço que apaguei a conta e tento acessá-la. Outras vezes, ainda, o hábito de digitar "f" no navegador e o link se completar com a palavra facebook.com já tinha se tornado tão comum que ao invés de digitar o site do blog ou de alguma outra rede, acabo apertando justamente o bendito do F, sem querer. Além disso, as pessoas ficam me tentando, mandando prints de páginas do FB ou deixando a página conectada. Mas a minha força de vontade é sempre maior. É, cara, Facebook é realmente um VÍCIO.

Sem contar a pressão psicológica que sofri pelo próprio FB na hora de excluir a conta. Ele joga lá um monte de foto que meus amigos me marcaram, retratando bons momentos da minha vida, com frases repetidas: Bárbara vai sentir sua falta, Ana vai sentir sua falta, Tadeu vai sentir sua falta, Elioenai vai sentir sua falta e assim por diante. Ainda me fizeram explicar o porquê de eu ter excluído. CARA, se chega um mano viciado que nem eu determinado a apagar a conta, tem que ter realmente m-u-i-t-a determinação, porque não é simples não! Eu meio que me senti na fila das Lojas Americanas, conhecem? A gente vai só pra comprar um CD virgem e, no caminho ao caixa, enche a cestinha com sabonetes Dove, bombom Sonho de Valsa, toalhinha de 1,99 (até porque, nunca sabemos quando iremos encontrar outra toalhinha por um preço tão acessível, muito menos a utilidade que ela nos fornecerá), uma batatinha de 2,99 imitação de Pringles... e aí o rumo da nossa pequena ída à loja já muda! É a mesma coisa. A gente entra nas configurações pra deletar a conta e saímos de lá com ela.

Isso me faz lembrar, também, das vezes em que minha mãe tentou cancelar a conta da NET. Isso me faz lembrar², o vídeo abaixo:

Assistam! É um stand up de perder o fôlego!

Apesar dessa crise doidinha - que chega a assustar, de verdade -, ando me sentindo mais leve. Deletei minha conta ontem, mas durante esse pouco tempo em que fiquei sem acessá-la, já estou notando diferenças positivas. Além de me dedicar mais ao meu blog, que, na verdade, será meu eterno espacinho, tenho tempo pra fazer mais coisas, como - simplesmente - dormir. Já estudei até Física com meu irmão, procês terem uma noçãozinha!

Mas é isso aí, gente. Se algum de vocês estiver com a ideia de deletar a conta também, pense bastante e enfrente esses obstáculos com convicção! Até porque ainda não inventaram Associação dos Viciados em Facebook Anônimos.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

0 comentário (s)