IÔÔÔ RÍÍÍÍ...

29 de janeiro de 2012



- Quando a gente tá subindo esta escada rolante, bate um vento tão gelado por causa daqueles ar condicionados e - pausa para ataque cardíaco; mãos suando, gotas geladas saindo da testa, mãozinhas afastando a franja, olhar assustado, palidez. - AAAAAAAAA (e esse A se estende por muitos e muitos segundos de puras notas agudas).


Foi subindo a escada rolante com a minha mãe que eu me deparei com esse cartaz enorme na minha frente. Acontece que desde pequena eu sempre fui apaixonada por Titanic. Muita gente acha vergonhoso assumir isso, já que é um filme considerado tão passado quanto A Lagoa Azul, mas eu não me sinto mais envergonhada com isso, principalmente depois de ver o trailer:


Pra mim, Titanic é uma obra de arte. Passei a infância inteira assistindo e, sem dúvidas, estarei na sala de cinema em abril só pra assisti-lo (em 3D!). Com convicção, de tantas vezes que assisti a essa perfeição, posso afirmar que já decorei todas as falas, do começo ao fim. É coisdidoido, eu sei, mas não sei explicar porque eu amo tanto ficar horas assistindo essa magia... Chega a dar arrepios só de ver o trailer.

Acho que vou me dedicar mais ao blog a partir de hoje, pois excluí meu Facebook e meu já falecido Orkut. É estranho ligar o computador e não entrar mais nessas redes, mas eu vou me acostumar! Andei conversando com minha amiga Jennifer - já citei sobre ela por aqui -, que vive na França, e ela disse que sente o mesmo pela conta dela e está pensando em deletá-la também. Além de passar muito tempo lá - pelo menos no meu caso -, perdendo o dia inteiro só atualizando pra ver se alguém me mandava alguma coisa, ou se uma novidade pairava sobre aquele sistema doidinho do mundo moderno, deletei pra evitar problemas com as pessoas que eu gosto. Querendo ou não, acabamos sendo mal interpretados nesses locais. Já no meu blog, eu sinto mais liberdade pra postar o que eu desejar, e espero que meus leitores também se sintam a vontade pra ler e comentar. Além do mais, já estava cansada de tanta coisa chata por lá e, como diz o ditadinho famoso, "os incomodados que se retirem".

Em breve, mais fotos, mais textos, mais músicas, mais de mais, demais!

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

1 comentário (s)