O capitalismo capilar

2 de fevereiro de 2012


Ainda não me conformo com a mente brilhante dos publicitários que criam os comerciais de shampoo. O que me admira ainda mais é a performance incrível dos photoshopeiros de plantão que dão um retoque super natural e real pros cabelos das modelos dessas propagandas.

Há alguns anos, essa ideia de shampoo milagroso até poderia fazer alguns alucinados acreditarem, mas é complicado ver que essa onda de búzios capilar ainda perdura entre os blocos das nossas queridas novelinhas. E o mais cativante são os nomes cada vez mais inovadores pra esses shampoos/cremes/condicionadores (etc), que confesso que me assustam muito: ANTI FRIZZ MAGNUM MILENIUM DESTRUIDOR DE CASPAS CACHOS PERFEITOS ou HIDRATAÇÃO PROFUNDA LISO EXTREME BRILHO GLOSS.

É óbvio que nosso cabelo se dá melhor com uma ou outra marca. Algumas deixam os fios secos, outras deixam mais oleosos, outras, sem querer, acabam deixando a gente ESTRESSADO. Não venham querer me fazer acreditar que toda essa magia harrypotteriana vai fazer meu cabelo sair brilhante depois de usar um produto desse ou que um avada kedavra vai destruir meus frizz.

O jeito é seguir os conselhos do Tadeu:

blog dele: http://maisumsermulticelular.blogspot.com/ visitem, pois além de inovar no cabelão, ele escreve bem demais.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

1 comentário (s)