Alguém

24 de novembro de 2012

Pegou mais um pedaço do bolo e me disse:

- Queria alguém que me desse flores toda semana, que me esperasse na porta da escola com um presente, que me levasse pra jantar aos sábados e de preferência pagasse a conta... Queria alguém que me fizesse cafuné e me dissesse que eu sou a pessoa mais linda do mundo, que me esperasse durante horas no lugar combinado só para me ver, que me ouvisse falar mal das pessoas que não gosto com um sorriso no rosto e dando risada... Queria alguém que me ligasse de manhã, elogiasse meu corte de cabelo novo, notasse o tom do meu esmalte, preferisse ficar comigo todos os dias do que com os amigos ou sozinho. Ai... me diz: por que isso é tão difícil conseguir esse alguém?

Olhei para o farelo de bolo que restou no canto esquerdo de seu rosto e respondi:

- Você não quer um alguém. Você quer um robô.

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

0 comentário (s)