Dezenove

16/06/2013


Como cês podem ver acima, fiz 19 anos e agora sou oficialmente uma adulta responsável, investidora no sucesso, superando os objetivos e por isso acho que.

NÃO, não virei isso não. Pra falar a verdade, acho que a minha mãe errou o ano do meu nascimento quando me registrou, porque eu me sinto tão criança quanto muita criança por aí. 

[momento montagem fail]
[/momento montagem fail]

Comemorei meu aniversário no Café Teatro Rolidei, aqui de Santos, que é um espaço cultural a favor da diversidade (seja ela qual for), com atrações muito divertidas. Por trás das noites de sábado em que rolam os aniversários, há um grupo de voluntários, o Tamtam, que dão aulas de teatro, música, dança e várias outras coisas de g-r-a-ç-a, principalmente para crianças. E é com o que eles arrecadam dessas festas que conseguem manter o projeto (que não conta com nenhuma ajuda de governo) de pé, mesmo que cambaleando. 

Como eu não gosto de ser o centro das atenções (sempre sofri com isso nas comemorações daqui de casa), achei legal a ideia de ir pra lá, porque o pessoal ia poder dançar, se divertir, conversar e eu seria apenas o elo que os chamaria ali. Além de uma decoração maravilhosa (máquinas de escrever, quadros de gente que marcou a história, câmeras antigas, etc), na noite do meu aniversário foi uma banda tocar lá, a General Tequila. E foi mágico. Reservei esse post para mostrar as fotografias desse dia que vai ficar no meu coraçãozinho.











Ganhei algumas coisas muito bonitinhas também, mas não fotografei todas elas juntas. Ganhei um quadro lindo pintado pelo meu amorzinho, DVD do Paul McCartney (quase tive uma síncope quando abri o embrulho), abraços,  o filme da Amélie Poulain + Soundtrack, lápis de cor da Faber Castel, dinheirinho da vovó pra comprar A Culpa é das Estrelas, um pijama super fofinho, abraços, um creme hidratante pra ficar com a pele macia igual a da Xuxa no comercial,abraços, uma carta muito especial, abraços, abraços e abraços. Ah, o bolo fui eu que fiz (postar receitas no blog tá me deixando prendada!).

Todo mundo me deixou ansiosa pra fazer 18 anos e eu aguardei contando os dias. Agora que eu fiz 19, percebi que minha vida não mudou nada dos 17 pra cá. Alcançar a maioridade perante a lei não fez diferença pra mim, já que não dirijo, não compro bebidas, não fumo, nem matei alguém. Tá, uma vez entrei num bingo com a minha avó (êêêê divulgando aqui, vou ser presa), mas não desejo repetir a experiência. 

Acho que quando mantemos a criança que existe dentro de cada um de nós, não envelhecemos. E eu quero continuar dormindo com a minha vó quando for na casa dela, andar de móri na praia de Barra do Una, ficar com medo de filme de terror, brigar pelo resto do sorvete e não aprender a andar de salto. Porque cara de criança eu já tenho. 

Você poderá gostar também:

8 comentário (s)

  1. Parabéns Manie! Muitas felicidades pra você!
    Poxa vida, deu a maior vontade de comer esse bolo rsrs. Ótimo começo de semana pra você, beijos (:

    palavras-e-sentimentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, obrigada pelo carinho! volte sempre que quiser XD

      Excluir
  2. Que legaaaaaaal, que divertido. Geeeeeeeeeeente, se pelas fotos tô achando isso imagino como realmente foi! Mesmo que super atrasado: Parabéns! :)

    vivapaulatinamente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. OLOCO c postou sobre a festa! Tá certo memo many! Estou contigo em não deixara criança interior sumir! E eu nao sabia q vc q tinha feito o bolo! Tava muito bom mesmo, até pensei em levar um poco pra minha mãe mas só pensei nisso depois de ter saído do rolidei HEOIAUHOEIAU tá vendo? Andar do canal 1 até o 5 faz vc pensar muitas coisas! :V

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eeeeeita seu doido, se eu soubesse tinha dado metade do bolo pra ela.
      sobrou m-u-i-t-o (tinha cogitado a possibilidade de deixar no rolidei pra não ter q levar pra casa) hahahaha
      e sim, crianças pra sempre! XD

      Excluir