A Menina que Roubava Livros

07/08/2013

. EIS UM PEQUENO FATO . 
Você vai morrer.


Demorei pra resenhar esse livro, né? Acontece que, quando a gente realmente se apaixona por uma leitura, fica mais difícil escrever uma resenha à altura dos seus sentimentos. E, vem cá, convenhamos... Se o Roberto Carlos não conseguiu expressar o amor que sentia, como eu conseguiria? 

Minha vó me deu o livro há 3 anos, depois que eu me joguei no chão da sala e comecei simular um terremoto, babando que nem cachorro com raiva. Foi no dia em que eu achei um exemplar à venda numa revistinha da Avon por R$19,90 (isso mesmo, minha gente, apenas dezenove e noventa). Vovó, sempre me amando muito, encomendou o livro e ele chegou lindo e saudável aos meus braços no mês seguinte.

(livros sem orelhinhas e capas amassadinhas não são livros da Manie)

A primeira impressão que tive foi: esse livro parece ser incrível, mas as letras são miudinhas e eu vou terminar de ler  só quando construírem a ponte Santos-Guarujá. 

Segunda impressão: trem, morte, livro na neve, menina, coveiros, ai, que confusão, tô entendendo nadaçabagaça

Até que, no começo de 2013, abri o livro novamente e comecei a viajar nas páginas. Li com calma, absorvendo tudo o que pude da leitura e pedi o livro em casamento. Hoje temos 2 filhos e, tá parei.


A Menina que Roubava Livros é narrada pela morte. Não aquela com capuz preto e foice, mas uma morte mais realista, que não se apresenta cordialmente, pois afirma: "(...) Você me conhecerá o suficiente bem depressa, dependendo de uma gama diversificada de variáveis. Basta dizer que, em algum ponto do tempo, eu e erguerei sobre você, com toda a cordialidade possível. Sua alma estará em meus braços. Haverá uma cor pousada em meu ombro. E levarei você embora gentilmente."

A morte narra a caminhada de Liesel Meminger, uma garotinha, inicialmente, de 9 anos de idade, que tem sua vida mudada em uma viagem de trem. O pano de fundo é a Segunda Guerra Mundial na Alemanha junto ao massacre de judeus, que é um dos temas que eu mais me interesso, tanto em livros, como em filmes e documentários. 


Liesel cresce com uma nova família, Rosa e Hans Hubermann, totalmente opostos um do outro. Rosa, áspera e grosseira, não tem paciência pra aturar ninguém (isso é um fato). Já Hans é um pai amoroso, que dá vontade de guardar num potinho, sabe? É com ele que Liesel aprende várias coisas sobre a vida, inclusive sobre o momento histórico que vivia. Além do pai, Lisel mantém uma grande amizade com o vizinho Rudy Steiner, um menininho que um dia sonhou em ser o corredor negro norte-americano Jesse Owens, ignorando toda a história que seu país vivia (é um dos meus personagens literários favoritos, fala sério! Adorável esse garotinho).

"É só uma pequena história, na verdade, sobre, entre outras coisas:
Uma menina
Algumas palavras
Um acordeonista
Uns alemães fanáticos
Um lutador judeu
E uma porção de roubos". 


Por que roubar jóias quando se pode roubar livros? Dá quase no mesmo, pois considero livros tão preciosos quanto qualquer pedra de brilhante e tenho certeza de que Liesel concordaria comigo. Durante a narrativa, vocês vão compreendendo o título do livro em uma viagem eternamente memorável. 

A Menina que Roubava Livros está no ranking das minhas leituras favoritas, porque me acompanhou durante muito tempo até eu terminar de ler. É como aquela criança que pede um doce pra mãe, sabe? Não cessa antes de ganhar. Pois é, esse livro não parou de me perseguir até o momento em que eu virei a última página. 

Se você não leu, por favor, leia! É um pedido que eu faço a todo ser humano que gosta de ler. Você vai sonhar, se emocionar, rir e amar. Confie em mim.

Alguém já leu?

Meu perfil no SKOOB


PARTICIPE DO CONCURSO FOTOGRÁFICO EM PARCERIA COM A MANÜMONUMEI! CLIQUE AQUI.


Você poderá gostar também:

18 comentário (s)

  1. EU li esse livro esse ano também.
    Á força pela minha amiga. Gostei.
    Mas não taanto assim. Mas gostei especialmente
    do final. Fiquei feliz com ele.
    http://triplobooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha ler à força deve ser muito louco. pelo menos na escola era! haha

      eu também fiquei feliz com ele *-*
      obrigada pela visitinha, Mari!

      Excluir
  2. Olá! Td na paz de Deus? Tenho uma mega vontade de ler esse livro! Fico feliz que tenha gostado. ótima resenha! Gostei da mensagem que passou, realmente livros são tão preciosos quanto jóias.
    Beijocas! Fique com Deus!
    http://hey-mygod.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Jeremias, tudo certinho sim! então mata logo essa vontade e leia o livro, porque é lindo demais!! obrigada pelo carinho e pela visita! beijinhos

      Excluir
  3. tenho muita curiosidade em ler este livro!deve ser excelente!
    Bejinhos <3
    http://menina--estilosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mata essa curiosidade, menina! hahahaha leia, cê vai amar.

      beijinhos!

      Excluir
  4. Cara, eu só vejo as pessoas falando bem desse livro e eu até hoje não li. Para falar a verdade não tenho muito interesse mas quem sabe um dia. rs Estou mais nos livros engraçadinhos e nos romances agora mas quando eu quiser ler uma coisa mais séria acho que vou procurar ler esse. Só vi resenhas positivas e ele deve ser muito bom.

    Lembra que vc me indicou a tag 10 book? Eu ja tinha respondido ela mas postei hoje no blog, se quiser ver: http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/2013/08/tag-10-books.html :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que um dia você se interesse em ler, porque é um livro pra vida inteira <3

      falando em livros engraçadinhos, terminei de ler hoje no ônibus O Diário de Bridget Jones e amei! é muito divertido, tem uma leitura leve, momentos de ironia engraçados... se você não leu, acho que ia adorar se aventurar nessa história :)

      lebro sim, Bia, acabei de passar lá no seu blog!!

      beijinhos

      Excluir
  5. Esse livro é FANTÁSTICO! Eu li porque todo mundo dizia que era bom e acabei não conseguindo resenhar DE JEITO NENHUM. É incrível demais, maravilhoso demais.
    Perfeito.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim! FANTÁSTICO com caps lock, itálico, negrito, tudo junto hahahaha

      eu também não tinha conseguido resenhar esse livro, mas botei fé e até que saiu algo que me satisfez. mas nunca vai representar o amor que eu senti por lê-lo.

      obrigada pela visita, Luara! um beijinho :D

      Excluir
  6. Um dos meus preferidos of all time, é simplesmente emocionante, chorei muito durante a leitura <3 Achei a sua resenha muito boa, ficou bem a altura da histórias mesmo! beijosss
    http://oblogdamandi.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaa, é lindo, né, Mandi? me senti culpada porque não chorei. acho que é porque todo mundo que leu disse que chorou, dai senti pressão psicológica durante a leitura e não chorei. mas me emocionei muito, meu coração ficou apertadinho, valeu à pena :D

      beijinhos, obrigada pelo elogio!!

      Excluir
    2. Adendo aqui, aconteceu um negócio hoje e preciso te contar: eu e minha melhor amiga que também ama esse livro encontramos, no restaurante da escola, um exemplar dele em cima de um fichário em uma mesa qualquer. Fomos falar com a garota e conversamos pra caramba! Detalhe: só fomos perguntar os nomes depois de uma meia hora, haha, poder dos livros <3

      Excluir
    3. ai que lindo isso *-* hahahahaa um livro unindo as pessoas!

      Excluir
  7. Ah Manie, amei seu blog! E sua resenha ficou ótima. Há uns 4 anos eu iniciei a leitura deste livro (também comprei da Avon, haha) e infelizmente abandonei. Naquela época não pude absorver todos os detalhes e acabei não entendendo. Hoje gostaria muito de tentar lê-lo mas uma pessoa emprestou ele de mim e não devolveu --'. Enfim, após sua resenha vou tentar ler este livro, porque sua resenha foi muito realmente inspiradora. Segui seu blog, porque ele é amor demais! Confere o meu também? Beijos :)

    madeintheheart.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oooi, Andressa! muito obrigada pela visitinha, pode deixar que vou te visitar também!
      nossa história com o livro é bem parecida, heim! pode procurar o livro pra ler porque é lindo demais!!

      obrigada pelo elogio *-*

      Excluir
  8. Quanto teempo! confesso estou afastada do mundo dos blogs acontece rs, bom já li o livro é uma boa leitura e tua resenha também, não tenho certeza mas acho que li pelo computador o que torna a leitura mais demorada mas vale apena! Ouvi falar que vão fazer o filme sobre o livro espero que seja bom! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ana!! verdade, heim, quanto tempo!
      obrigada pela visita *-*
      sim, as primeiras fotos do filme já saíram e eu to super animada pra que o filme estreie logo!!
      beijos :D

      Excluir