Uma superação

16/09/2013

Eu poderia contar pra vocês como foi minha viagem ao Rio de Janeiro, como eu ri da senhora de óculos amarelo que roncou loucamente no ônibus, como eu enchi a pança de Doritos enquanto cruzava a estrada, como fiquei sambando sem parar ao chegar na Cidade do Rock e passar o dia inteirinho vendo shows incríveis, deitar na grama e pular muito. Mas eu não fui.

O que me restou foi comprar uma camiseta do Muse com o dinheiro do lanche, o que, convenhamos, já foi muita ousadia. 



No final do ano passado, comecei a juntar dinheiro. Pra mim, dia 14 de setembro de 2013 era uma certeza na minha vida: show do Muse. 

Aí tudo virou de cabeça pra baixo e ao invés de ir pro RJ, fui parar no meio do mato com uma lanterna minúscula, com medo de ladrão, de psicopata, da Samara de O Chamado e de animais selvagens. Sobre essa aventura criarei um post especial. 

Mas eu superei essa fase e estou aqui, feliz com a minha nova camiseta. Já posso dar depoimento no final de um capítulo de Páginas da Vida.

Manie
Estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. Tenho 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tento ver graça nas coisas simples do dia-a-dia.

Você poderá gostar também:

10 comentário (s)