A Vida Secreta de Walter Mitty

30/12/2013

Estou dando um passo pra fora da porta
E estou flutuando no jeito mais peculiar
E as estrelas parecem muito diferentes hoje

Sabe quando a gente vai ao cinema sem muita expectativa em relação ao filme e sai de lá surpreendido? Pois é, isso aconteceu comigo ontem, quando eu e meu irmão mais velho fomos assistir A Vida Secreta de Walter Mitty.

Eu me sinto incapaz de escrever uma resenha que reflita ao menos 1% do que eu senti naquela sala de cinema, mas mesmo assim eu resolvi dividir a existência dessa obra de arte com vocês.


Walter Mitty (Ben Stiller... isso mesmo, Ben Stiller) é um carinha de quarenta e poucos anos que leva uma vida sem emoção. Trabalha na seção de negativos de uma revista que está prestes a existir apenas na internet. Diante da última edição da Life, Walter se vê num labirinto: perdera o negativo da foto da capa, enviado pelo famoso fotógrafo Sean O'Connel.

Movido pela ânsia de achar a foto, Walter vai em busca do negativo 25. Para isso, ele se desprende totalmente de sua vida pacata, engole várias doses de coragem e resolve transformar as ideias abstratas de sua cabeça em realidade, indo atrás do negativo perdido, que o trará uma tonelada de aventuras.

O que torna o filme especial, além do seu enredo (maravilhoso), é o jogo de cenas que nos envolve. A produção abusa dos flashbacks e efeitos especiais incríveis que tornam o filme criativo.  A gente pensa que tá acontecendo uma coisa, quando, na verdade, nada aconteceu.

A minha cena favorita é a do Benjamin Button (não vou contar). Eu simplesmente perdi o ar de tanto rir e continuei rindo nas outras duzentas cenas lembrando dessa, atrapalhando todo mundo da minha fileira. Eu realmente não conseguia parar de rir. Até chorei.


Fiquei insegura quanto ao final, porque eu amei demais o filme todo e estava com medo de o desfecho ser decepcionante. Mas MEU DEUS DO CÉU ♥. É um filme completo: começo chamativo, desenvolvimento incrível e desfecho emocionante. Dessa vez eu chorei de emoção.

E a trilha sonora? Chega a arrepiar. A música do David Bowie cantada pela atriz Kristen Wiig com violão é linda. Eu quase voei pelas poltronas do cinema e abracei a tela. (Não achei a versão do filme, então deixei a música original aqui no início do post).

Agora olhei pros parágrafos anteriores e eu confirmei que não consigo descrever esse filme do jeito que gostaria, mas deixo aqui essa linda sugestão pra todos vocês. Aproveitem as férias pra assistir e, se não tiverem companhia, vão sozinhos. Está em cartaz em quase todos os cinemas.

Guardem esse filme no coração.


TRAILER:


Meu perfil no FILMOW

Manie
Estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. Tenho 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tento ver graça nas coisas simples do dia-a-dia.

Você poderá gostar também:

26 comentário (s)