Alasca, sua danada, quem é você?

28/01/2014

O PRIMEIRO AMIGO
A PRIMEIRA GAROTA
AS ÚLTIMAS PALAVRAS

Já comecei 2014 requebrando no estilo Terra Samba depois que li esse livro. Atingi uma meta maravilhosa de 4 livros nesse mês e esse, com certeza, foi o melhor.

Tive a sorte de ganhar essa obra de arte de uma amiga (beijinho, Mari) no amigo secreto do ano passado e logo comecei a ler. Como terminei só em janeiro, considerei essa leitura a primeira desse ano.

A menina da capa representa a Alasca, que dá título ao livro, mas eu imaginei ela totalmente diferente. Na minha cabeça, a minha Alasca é uma Emily Browning com cabelos meio loiros/alaranjados, só que sempre presos (e bem bagunçados!). Você, que leu a história, consegue explicar mais ou menos como imaginou a Alasquinha?

Bem, ao meu ver, mesmo tendo o nome estampado junto com a sua foto na capa, a Alasca não é a personagem central. Para mim, junto com ela, os personagens principais são o Miles (o narrador-personagem) e o Coronel.

Não quero me estender na sinopse, porque tem bastante gente resenhando esse livro, mas posso adiantar que a história começa na busca do Miles pelo Grande Talvez, quando ele sai da casa dos pais, abandonando sua zona de conforto, e vai estudar numa escola nova, onde conhece o Coronel e a Alasca. Esse é o cenário de praticamente toda a trama e, durante a maior parte das páginas, o Miles vai nos contando como foi  viver uma realidade totalmente diferente da que estava acostumado, conhecer pessoas incríveis e se apaixonar.

Daí você, meu amigo, está felizão lendo a história, no ápice da alegria literária, quase fazendo amor com o livro, quando algo acontece. E esse algo você só vai saber lendo, porque eu não sou nem louca de te contar.


É exatamente o tipo de livro que eu gosto: leitura suave, personagens INCRÍVEIS e apaixonantes, acontecimentos inacreditáveis e repentinos, começo contagiante e final bem construído. Não me decepcionou nem um pouco. Até a edição é super caprichada, com folhas estilo "recicladas" e letras bem dispostas, o que torna a leitura bem ligeira.

Minha personagem favorita? Quem será?

Juro pra vocês que eu odiava (repita comigo: o-d-i-a-va) a Alasca, mas algo fez com que eu amasse essa menina. Antes eu achava ela muito radicalzinha, daquelas que adoram provocar o amiguinho e depois falar "desculpa, mas eu sou comprometida, então fique me querendo, beijos". Achei que no começo ela era muito hipsterzinha forçada, sabe? Revoltada com qualquer coisa, com mudanças de humor chatas pra caralho (olha eu falando palavrão, que feio). Massss depoisssss...


Se você gostou de ler A Culpa é das Estrelas, vai amar Quem é Você, Alasca?
PS: Não decidi qual o meu favorito entre os dois.



- Cruzes! Não posso ser uma dessas pessoas que ficam sentadas falando que pretendem fazer isso e aquilo. Eu vou fazer e pronto. Imaginar o futuro é uma espécie de nostalgia.

- Como assim? - perguntei.

- Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente."

(páginas 54-55)




Esse marcador de páginas lindo foi uma amiga muito querida que me enviou por correio, diretamente da França. Já tá todo amassadinho, mas cada marquinha tem um pedaço de cada história que ele marcou. (Merci, Jenny ♥)


Meu perfil no SKOOB

Você poderá gostar também:

17 comentário (s)

  1. Que post lindo! ♥

    Também fiz uma resenha no blog faz um tempinho já: http://josesarafim.blogspot.com.br/2013/12/quem-e-voce-alasca-john-green.html

    Beijos, José.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, José ♥
      vou ler sua resenha já!

      Excluir
  2. Eu amo esse. Série, não aprece que green escreveu a culpa é das estrelas e esse - sim, eu consigo escolher qual eu gosto mais! - já li - estou lendo o último - livro do green, e esse é o melhor. sempre te ma garota esquisitinha hipsterizinha nos livros dele, menos no acede, enfim. eu amo esse livro e não tenho anda a dizer sobre. só que eu amo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, com certeza, a Hazel não é nem um pouco hipsterzinha ♥ sincera, irônica, sem nhénhénhé, fala mesmo... essa é a Hazel hahaha

      mas a Alasca me irritou no começo! e como!

      obrigada pela visita, E. ^-^

      Excluir
  3. Estou muito ansiosa para ler este livro!
    Parece ser realmente muito bom!
    http://yssagomes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia na primeira oportunidade que você tiver, Yssa ♥

      Excluir
  4. Que coisa mais linda Manie, quero ler com toda a certeza. Já pode me enviar de natal adiantado(convenhamos beeem adiantado!) que eu não me importo kkkk Aaah esse trechicho que deixou no final, eu já tinha lido e me deixou super interessada. Vi um trecho no tumblr também que me identifiquei: "Fria num dia, meiga no outro." tão eu hauaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHHA mais fácil natal atrasado, né?

      Excluir
  5. Todo mundo está falando desse livro, igual com "A culpa é das estrelas" e por mais que eu estivesse afim de ler, resisti muito, só porque sou chata e não gosto de ler o que todos estão lendo, hahaha. Mas aí, ganhei "A culpa é das estrelas" no meio do ano passado e tive que ler, resultado? AMEI o livro. De início, achei exagerada todas as resenhas que li, porque não parecia ser um bom livro, mas depois fui me apaixonando e terminei de ler em menos de uma semana e ao meios de lagrimas e sorrisos, hahaha.
    Com "Quem é você, Alasca?" vou fazer o mesmo, resistir até aparecer uma promoção maluca no submarino e eu finalmente compra-lo, haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaa não se importe com o número de leitores do livro, Pâm... se ele fez sucesso é porque deve ser bom mesmo! ♥

      Excluir
  6. Aaaah, eu amo tanto esse livro. Na verdade, amo tudo que o JG já escreveu. Mais na verdade ainda, sou a maior groupie de JG. Mas enfim, esse foi o primeiro que li, há uns anos já. Quero muito reler, talvez esse ano. É muito forte, muito mais forte do que eu esperava. A Alasca foi uma relação de amor e ódio. Acho que agora estou ainda mais afastada do que ela era, mas tenho a sensação de que a gente nunca vê a Alasca de verdade no livro. É sempre como o Miles enxerga ela e ele põe um monte de idealização, né?
    Enfim, amo esse livro. Ainda bem que gostou.
    Minha Alasca é não muito alta, loira de cabelo liso (mas sempre meio bagunçado). E acho que passei muito tempo imaginando os olhos dela, bem grandes e verdes. Acho que foi por causa dele que o Miles gostou dela.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. groupies do titio joão verdinho o/
      parece que todos nós tivemos uma relação de amor e ódio com ela, né?
      nossa, exatamente, Milena... sua observação reflete o que eu senti. é como bentinho falando da capitu, sabe?

      obrigada pelo comentário ♥

      Excluir
  7. Que blog mais amor!
    O titulo do teu post me trouxe até aqui, dei risada com o "sua danada", hahaha.
    Esse livro para mim foi uma relação de amor e ódio, no inicio não estava muito animada não, mas depois de um tempo eu só parava para respirar mesmo. hahaha
    Imaginava a Alasca como a Mae Whitman (♥ amo essa atriz).
    Beijão. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nooossa, essa Mae Whitman daria uma ótima Alasca! também adoro ela
      que bom que você gostou, Júlia ♥ muito obrigada, mesmo! beiijinho

      Excluir
  8. Eu acho essa capa linda, bem melhor que a outra.
    Esse livro faz parte da minha wishlist e até agora eu não li :/
    Não vejo a hora de ler.
    Beijos.

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acho as duas capas lindas, mas prefiro essa também ♥ mesmo que eu tenha imaginado a Alasca diferente.

      coooorre!! leia assim que puder! beijos

      Excluir
  9. Adorei a resenha! Esse livro é realmente incrível, um dos meus preferidos. John é genial. Tenho essa capa também, mas acho aquela 1º edição, preta, maravilhosa, ainda mais por ter a margarida!
    Beijos.

    http://writtendistraction.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir