Poema de sábado

29/05/2014

O cheiro de café torrado invade a sala;
todos em seus casacos, a chuva sambando lá fora;
cabelos amassados, bagunçados, revoltados;
aquela cara de sono enlouquecida; um puta frio
e a vontade que o cheiro de café torrado vire gosto.



Você poderá gostar também:

6 comentário (s)

  1. Essa vontade eu tenho todo dia hahaha

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha eu também
      como fico aqui sozinha a tarde inteira, sempre passo um cafezinho pra dar um up haha

      Excluir
  2. A chuva sambando e seu coração sambando no mesmo ritmo, hehe. Achei bem fofinho!
    E tá um frio danado mesmo, hein? hauhaushahs' Mas ainda prefiro o frio que calor, sempre.
    Sel do Jovens Gordinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SEMPREEEEEEE
      frio >>>>>>>>>>>>>>>>>>>> calor

      Excluir
  3. Respostas
    1. hahahaha escrevi esse poema lá msm, na aula de física

      Excluir