Minha primeira tatuagem

7 de agosto de 2014

Com efeito, um dia de manhã, estando a passear na chácara, pendurou-se-me uma ideia no trapézio que eu tinha no cérebro. Uma vez pendurada, entrou a bracejar, a pernear, a fazer as mais arrojadas cabriolas de volatim, que é possível crer. Eu deixei-me estar a contemplá-la [...]
(Memórias Póstumas de Brás Cubas) 


Foi aqui em casa, numa dessas madrugadas depois que o programa do Jô termina, que eu me vi pensando na minha tão sonhada vontade de fazer uma tatuagem. Já tinha uma ideia antiga na cabeça, mas de repente surgiu uma ideia nova, que pegou a antiga pela gola da camiseta e jogou longe (brinks, ainda vou fazer a outra, num futuro próximo). 

EIS A IDEIA NOVA: 
Les temps sont durs pour les rêveurs.
(são tempos difíceis para os sonhadores)


Se não me engano, cerca de sete ou oito pessoas já chegaram pra mim falando "Manie, vi um filme ontem e lembrei muito de você". Adivinha qual? O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. E sabe, eu gosto de saber disso, porque é realmente um dos filmes que eu mais amo. Cada vez que assisto, sinto uma coisa diferente, por mais utópico que seja. A sensação é boa e eu quis gravar um pedaço disso em mim. 

LEGAL, TÁ ÓTIMO, TATUAGEM NA MENTE, AGORA PARTIU TATUAR. Uhuuu e agora?

Fico nervosa só de ouvir a palavra agulha. Sou do tipo que chora sangue na hora de fazer um hemograma só pra enfermeira não ter que me furar (e aquele cheiro de éter já me deixa meio chateada e tal). Mas eu queria fazer a tatuagem, queria mesmo. Pensei em todas as coisas que já deixei de fazer na vida por medo e dessa vez não deixei passar. Quis fazer. Fui. E fiz.



Não foi difícil saber qual tatuador seria o responsável por essa pequena arte, porque alguns amigos já tinham sido tatuados por ele e o resultado sempre me animou a fazer a minha também. Amiguinhos da Baixada Santista, quando quiserem fazer tatuagem, fasfavor de procurar o Danyllo, que é gente boa e faz um trabalho incrível.

Pra me fazer companhia, chamei o renomado e famoso fotógrafo internacional - que tirou essas duas fotos - Mr Domingos, Lucas, e o Vini (que fez uma tatuagem na costela e tem meu respeito por isso). Obrigada por me distraírem falando que a MTV BR não acabou e lembrando de programas como Top Top MTV.

Acho meio relativo essa coisa de significado. O que significa algo pra você hoje pode não significar a mesma coisa amanhã. Como sou de viver o presente, achei muito válido tatuar essa frase. A gente não sabe o que vai pensar no futuro e justamente por isso temos que fazer tudo o que nos der vontade no momento em que estamos. 

EIS UM PEQUENO FATO: eu sou uma pessoa sonhadora. 

Já tentei deixar de ser, já fingi que não era pra mim mesma, já esqueci, já escondi, já tudo. Mas não dá. Tá aqui dentro, na minha essência. E agora tá fora também, na minha pele.



Não doeu! Velho, eu nunca acreditava quando me respondiam isso, sério, dava vontade de dar uns três tapas na cara da pessoa e gritar: FALA A VERDADE! QUEM TE PAGOU PRA FALAR ISSO???
Tipo, parecia que tinha alguém me arranhando, só isso. Não foi nada insuportável, até porque escolhi um lugar que não dói tanto. 





Pra quem não conhece o filme da Amélie, vou deixar a abertura do filme (só pra vocês ficarem com vontade de assistir o filme todo)


PS: continuo com medo de fazer exame de sangue, mas topo uma outra tatuagem em breve. 

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

14 comentário (s)