Se eu ficar

17/11/2014

Todas as resenhas literárias do blog, que eu faço desde que Dom Pedro II e eu passeávamos na praia pra comprar sorvete de pitanga, foram escritas. A antepenúltima leitura que eu fiz, há algumas semanas, foi o tão famoso Se Eu Ficar, com essa capa foda, que me levou os 26,90 daquela tarde de quinta-feira.


(meu tripé, muito caro) 

Tava com vontade de ler essa história há muito tempo, desde que vi os boatos de uma possível versão cinematográfica, rolando no facebook. Ainda não vi o filme, mas espero que seja melhor que o livro. Já que não gostei, dei um destino legal pro livro (dei p'ruma amiga) e contei no vídeo as minhas impressões sobre essas páginas amareladas com notas musicais enfeitando as suas bordas. 


Logo de cara, já me desculpo pelo meu desânimo aparente no vídeo. Como eu disse na descrição do vídeo, no youtube, tô com essa cara de origami porque 1) eu realmente dormi lendo o livro e 2) eu tava estressada com o vestibular (querendo ou não, acabei ficando chata pra caralho). 

Dois avisos:
em breve postarei o diário de estudante #novembro;
no próximo post já vou detalhar sobre o sorteio do livro Para Sempre.


Meu perfil no SKOOB

Você poderá gostar também:

6 comentário (s)

  1. Eu comprei esse livro na última semana que eu fiquei internada no hospital. Lá dentro tinha uma lanchonete que tinha umas revistas e livros pra vender e de todos os títulos esse foi o que mais me pareceu interessante. A princípio, eu achei que não fosse gostar, mas como estava num tédio mortal e não sabia mais o que fazer pra distrair, resolvi dar uma chance para a história.

    Acho que por eu não esperar demais, eu meio que me surpreendi positivamente com o livro. Eu sabia do que se tratava, mas adorei conhecer um pouco mais sobre a Mia e sua família. Eu fiquei apaixonada pelos pais dela, pelos amigos. Eles conseguiram realmente me tocar. Não sei se foi porque eu li no "momento certo", mas digo que o livro me alcançou, de fato.

    Quanto ao filme, posso dizer que gostei. Não é uma história assim de mudar a vida ou virar favorita de toda a vida, mas achei bacana como a obra cinematográfica conversa e interage com a literária. Elas meio que se complementam, sabe? Acho que vale a pena dar uma chance ao filme, mas sem esperar muita coisa, pois não foge muito do que é o livro.

    Enfim, adorei sua resenha e apesar de desanimadinha, eu entendo seus motivos.
    Tô pensando em começar a gravar vídeos também e meu tripé vai ser tipo esse teu. Melhor tripé ever. HAHAHAHA

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero ver o filme pra saber se me prende mais... acho que ler algo num momento específico das nossas vidas é o grande segredo se vamos gostar ou não.
      como eu disse no comentário lá embaixo, eu li a culpa eh das estrelas num momento X da minha vida e hoje, tentando ler novamente, em outro momento, não me identifico mais... daí não faz tanto sentido, nem me prende tanto :3

      beijos!!

      Excluir
  2. Pelo fato de ter visto o trailer do filme antes de assistir A Culpa É Das Estrelas no cinema, me encantei pesquisei e vi que as pessoas estavam gostando, então baixei o livro (é o que mais faço hoje em dia, nem comprando eu estou) e li. Eu comecei a ler e ficar confusa, e a leitura é muito cansativa, achei um pouco clichê.
    Eu realmente não gostei, tanto que nem terminei de ler e.e
    xoxo | https://red-beaniel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu amei a culpa eh das estrelas, mas na época que eu li (ha um ano e meio mais ou menos).
      tentando reler, achei chato, bobinho... vai entender!

      Excluir
  3. orra que uma galera anda falando deste livro e não li ainda... ando ficando instigado, apesar de ter uma alta comparação - normalmente quando vejo resenhas sobre - com o filme e mais um monte de entrelinhas, enfim, a curiosidade aqui só aumenta, vou logo atrás do meu ou explodirei rs

    boa resenha :DD
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se quiser um conselho, leia outros, mas não crie expectativa em cima desse.
      eu amo histórias de amor/drama, mas tem que ser bem construídas, sabe? não gosto de enrolação, mimimi; gosto de criatividade :3

      Excluir