Valente por opção

1 de abril de 2015

A partir de hoje, vou mudar um pouco o jeito de apresentar as resenhas. No final do post, vocês vão ter acesso a informações como ISBN, número de páginas, editora e onde encontrar o livro para comprar. Dessa forma, o meu trabalho aqui fica mais organizado e eu ajudo vocês a correrem atrás do livro, caso se sintam interessados depois de lerem a resenha. Nossa, falei bonito, hein. 


Sabe aquele momento no natal que você já sabe que não vai ganhar presente? Eu já tinha ganhado dias antes meu celular (porque tinha sido assaltada há alguns meses), então durante a troca de presentes me fiz o mais natural possível para aceitar o fato de que eu não ganharia mais nada. Você já deve ter passado por isso e sabe muito bem como é olhar para o nada, com cara de paisagem, na esperança de terem comprado um chaveirinho, um porta canecas, qualquer coisa. 

Foi quando minha mãe veio com uma embalagem da Saraiva, na minha direção, dizendo que haviam deixado na nossa árvore de natal. Assim que eu abri, já sabia quem tinha me dado o presente e saí correndo em círculos pela casa da minha vó, toda feliz, toda "ganhei presente eeee", comendo cerejas e panetone como se não houvesse amanhã.

Valente por opção é uma história em quadrinhos, do Vitor Cafaggi, lançada em 2013. Todas as personagens são animais, desenhados de um jeito um tanto quanto meigo/fofo demais, o que me fez pensar que se tratava se uma história bem infantil (adoro histórias infantis). 


Só que, logo no começo da trama, a gente vê Valente, a personagem principal, sofrendo com o término de seu namoro. Daí eu vi que a história tinha muito mais pra mostrar do que uma simples lição de moral típica de fábulas. 

Logo depois desse empecilho em sua vida, Valente começa a driblar coisas que muitos de nós nos identificamos, como primeiro dia de aula na faculdade, prática de exercícios físicos, coragem pra se declarar pra alguém, resolver coisas do passado, etc. 

Algumas páginas, como a da foto acima, permitem que pessoas que não estão acompanhando a história também se divirtam. Selecionei essa e mais algumas que eu gostei bastante e quero postar aqui:


Recomendo pra todo mundo, seja lá qual for a idade. É leve, divertido e não dá vontade de parar de ler. Além de tudo, as ilustrações são incríveis, justamente pela simplicidade. Por isso, a leitura é muito tranquila, tanto que terminei praticamente de uma vez só. 

No final, há uma "galeria de convidados", na qual pessoas de fora da história apresentaram a sua visão das personagens. Vou postar aqui as duas que eu mais gostei:
   

ISBN: 9788542600797
 Editora: Panini 
Páginas: 94
★★★★★

Onde comprar: Cultura  / Saraiva / Submarino

Meu perfil no SKOOB

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

8 comentário (s)