Harry Potter e a Pedra Filosofal

8 de julho de 2015


Lembro bem do dia em que fui ver o primeiro filme da série no cinema. Isso já faz quase 15 anos, mas só me interessei pela leitura agora, aos 21. Não tem a mesma graça de ler em uma época que os leitores ficavam ansiosos pelo lançamento da continuação e compartilhavam suas opiniões, alegrias e tristezas a respeito dos livros. Mesmo assim, resolvi começar a ler, principalmente porque consegui os 7 livros numa super promoção e achei que era a hora.

Se você não faz ideia sobre o que se trata a história, lembre-se que estamos na Inglaterra e o mundo está dividido entre bruxos e trouxas (pessoas que não são bruxas). Dentro dessa realidade, Harry Potter, ainda pequenino, é deixado na porta dos seus tios, os Dursley, e cresce junto a eles e ao primo, que o maltratam e o fazem viver sob a escada de casa, num armário. 

Tendo sido levado a crer que seus pais morreram em um acidente de carro, Harry não fazia ideia da nova vida que o aguardava em seu 11º aniversário. É quando Hagrid, um homem do tamanho de um guardarroupas, barbudo e assustador à primeira vista, o avisa que ele tem uma vaga na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Além disso, é através dele que o garoto descobre a sua verdadeira origem: seus pais foram mortos pelo maior bruxo das trevas, o Lorde Voldemort, o qual também tentara assassiná-lo, mas a única coisa que conseguiu foi deixar uma cicatriz em forma de raio em sua testa.


A partir daí, Harry se depara com um novo universo. Tudo é muito novo pra ele e é indo à nova escola que conhece seus eternos melhores amigos: Rony Weasley, rapazinho ruivo, de família toda bruxa e Hermione Granger, mocinha inteligente e estudiosa, cujos pais eram trouxas. Personagens importantes da trama também devem ser lembrados, como o diretor da escola, Alvo Dumbledore, os professores Severo Snape e Minerva Mcgonagall e tantas outras que só lendo pra conhecer. 

Lá dentro, os novos alunos são divididos em uma das 4 casas de Hogwarts: Grifinória, Sonserina, Corvinal e Lufa-Lufa. Sendo os três amigos selecionados para a primeira, passam a defender sua casa através de boas notas, respostas certas e tudo o que um bom aluno faz. As matérias são bem diferentes de Matemática e Biologia, voltando-se a áreas como Poções e Defesa Contra a Arte das Trevas.

Porém, os 3 jovens são bem curiosos e vão se enfiando onde são chamados. O fato é que através da coragem, eles vão descobrindo coisas que nem os adultos tinham sensibilidade de perceber. Isso rende alguns probleminhas que você vai descobrir mergulhando nas páginas do primeiro volume da saga, o que vai possibilitar que entendam o subtítulo.

Eu me identifiquei muito com esse livro porque assim como Harry saiu da casa que vivia pra estudar em outro lugar, também estou prestes a fazer o mesmo. Senti o nervosismo, a ansiedade e a vontade que ele tinha em ir à Hogwarts por estar diante de uma realidade semelhante. Vê-lo conhecer gente especial num lugar novo e se aventurar da maneira que se aventurou com toda a coragem que tinha, me deu muito mais ânimo pra me jogar na estrada. 

É muita ousadia minha querer resenhar um livro que marcou toda uma geração, ainda mais depois de tanto tempo do seu lançamento, mas meu objetivo aqui foi incentivar pessoas que ainda não leram a fazerem o mesmo. Ainda não sei o final da história, pois estou no segundo volume e o que eu vi nos filmes não deve chegar nem aos pés do que me aguarda nos próximos livros, mas deixo aqui minha sugestão. 

Se você gosta de coisas mais realistas, como eu, não vai se incomodar com a fantasia dos livros de Harry Potter, porque dá pra metaforizar praticamente tudo o que foi escrito. O mundo que a J. K. Rowling criou é imensamente admirável, então não vejo razão pra depois de tanto sucesso eu ainda ver gente falando que "quem lê Harry Potter não é inteligente" ou qualquer comentário tão banal quanto esse. 

Todo mundo tem o direito de conhecer esse bruxinho e eu tenho certeza que vão se encantar tanto quanto eu estou me encantando.

ISBN: 9788532527844
 Editora: Rocco
Páginas: 221
★★★★★

Onde comprar (só achei a edição especial no Submarino): Cultura  / Saraiva / Submarino

Meu perfil no SKOOB

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

14 comentário (s)