Meu novo beco

24/08/2015

Ainda não arrumei tudo, porque vou pegar alguns caixotes de madeira com um amigo no fim de semana, pra guardar as roupas e outras coisas. Falta pregar os quadros e colar algumas fotos, mas senti vontade de fotografar como está tudo por enquanto. 

Essa mesa foi mais um item da série 'improvisos do pai'. Ele pegou no trabalho e arranjou dois suportes (daqueles de prateleira) pra parafusar na parede. Saiu praticamente de graça. 


Essa arara de roupas também foi improviso do meu pai. Ele fez tudo sob medida, com canos de PVC que ele também pegou no trabalho. 

Algo que faço desde muito tempo é usar copos legais pra colocar coisas na escrivaninha. A maioria deles dá pra reutilizar, como o copo do Häagen Dazs e o do Starbucks. Obs: deixei esse planner pronto para download aqui

Usei a caixa da panela de pressão pra apoiar a televisão. Pra ficar maneiro, eu encapei com papel contact, o que deu uns 8 reais. Usei essa estampa de mapa antigo. Obs: fiz o mesmo com a caixa do ferro de passar, pra apoiar o meu teclado. Ao todo, gastei 8 reais com o papel. 





Usar enciclopédias ou livros comuns para fazer um criado-mudo também é uma boa ideia pra quem não tem grana pra móveis novos.

Para emoldurar meus pôsters/desenhos, eu usei fita crepe parda. Paguei 8 reais em um rolinho que vai dar pra enrolar me quarto todo se eu quiser.

Por enquanto o colchão ainda está direto no chão, mas vou providenciar paletes. Essa estante pros livros foi minha roomie que me emprestou, já que ela não vai usar. 


FLORIANÓPOLIS | 24.08.15

Manie
Estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. Tenho 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tento ver graça nas coisas simples do dia-a-dia.

Você poderá gostar também:

30 comentário (s)