Um filme para...

22 de agosto de 2015

REFLETIR MUITO SOBRE O MUNDO E SE SENTIR INCAPAZ DE MUDAR AS COISAS: Detachment   
EUA | 2011 | TRAILER
Basicamente, o filme narra a vida de Henry, um professor que é contratado para lecionar em uma classe de ensino médio, com vários alunos desestruturados. Temeroso ao criar laços com as pessoas e lutando para buscar uma motivação na vida profissional e pessoal, o professor se vê diante de jovens cujos pais ausentes compactuam para o caos da escola.

Quando vi o trailer de Detachment (conhecido no Brasil como "O Substituto), logo achei que eu fosse amar a trama, já que contava a história de um professor. Eu realmente amei, mas a sensação que eu tive no final foi totalmente a oposta da que eu achei que fosse ter. Sem contar detalhes como a fotografia que daria um monte de quadros na parede do meu quarto se eu desse prints em cada cena. Sensacional.

Provavelmente farei resenha especial só pra esse filme, porque OLHA...


REFLETIR MUITO SOBRE O MUNDO E SE SENTIR CAPAZ DE MUDAR AS COISAS: The Help
EUA, Índia, Emirados Árabes Unidos| 2011 | TRAILER
Conhecida aqui como "Histórias Cruzadas", a obra baseada no livro de mesmo nome também nos aproximada da realidade, porém, partindo de um viés mais otimista. Eu amei porque as personagens mais importantes são mulheres incríveis que se mostram dispostas a revolucionar o mundo machista e racista onde vivem.

Recém formada em jornalismo, a jovem Skeeter, mulher branca de classe alta, se incomoda com a realidade segregadora e supérflua do interior dos EUA, na década de 50. Mesmo estando do lado dos privilegiados, ela resolve fazer algo pra mudar aquela situação e tem a ideia de escrever um livro com depoimentos de empregadas domésticas negras, como forma de dar voz a essas mulheres. 

Me identifiquei demais com a Skeeter, por lutar por causas que não necessariamente lhe afetam diretamente, mas que a incomodam pra caralho. 


PROCURAR RESENHA NA INTERNET DEPOIS PRA ENTENDER: Donnie Darko
EUA | 2001 | TRAILER
Mais um daqueles filmes que todo mundo viu, mas eu ainda não tinha assistido. Eu já sabia que ele tinha um dos finais mais famosos do cinema por ser complicado de entender e foi justamente por isso que eu assisti, pensando "deve ser simples e esse pessoal não teve perspicácia suficiente". Se eu tava certa? Risos.

Donnie Darko é um jovem meio problemático que começa a ver um coelho bizarro, que lhe diz o que fazer, mas até então a gente não sabe o porquê de ele ter que seguir suas ordens. Explicar esse filme me renderia uma postagem quilométrica, então deixo aqui a resenha maravilhosa da Carol, que escreveu sobre ele de uma maneira bem simples e legal. 

Se você for atencioso e pausar o filme nos momentos certos, observar tudo direitinho, vai conseguir compreender o enredo mais facilmente (eu brisei total, mas uma amiga me explicou). Se você gosta de viagens no tempo, histórias sem linearidade e mistérios, vai gostar de assistir. 


QUERER BEIJAR O JOHNNY DEPP: Cry-Baby
EUA | 1990 | TRAILER
Pra quem gosta de um bom e velho filme trash, ta aí um que vai ganhar seu coração. Entre os itens que me fizeram gostar desse filme está 1) Johnny Depp aos 20 e poucos anos, 2) temática dos anos 50 e 3) músicas que você vai por no seu celular depois de ouvir.

O musical conta a história de Wade Cry Baby Walker, bad boy líder de uma gangue em Baltimore, que se apaixona por uma moça de uma família tradicional da cidade. É essa trama amorosa que é narrada através das cenas de rockabilly e músicas que dão vontade de dançar com vestido de bolinhas. 

Esse ano, o filme fez 25 anos e até hoje continua ganhando um público bem fiel. Assisti apenas uma vez e já me apaixonei. 





QUERER VIRAR ATOR: The Rocky Horror Picture Show
EUA | 1975 | TRAILER
Sem dúvidas, é um dos filmes mais trash que eu já vi. Sabia mais ou menos do que se tratava, pois vi As Vantagens de ser Invisível e tem uma cena em que eles encenam alguns trechos do musical no teatro. 

Há dois dias, ele foi projetado na UFSC, na concha acústica em frente ao prédio em que eu estudo. O pessoal sentou na grama, alguns levaram cobertor e assistimos todos juntos, na primeira noite fria de Florianópolis em agosto. 

Um jovem casal tem o pneu do carro furado e vai procurar ajuda. É quando encontram um castelo no meio da floresta, onde vive Dr Frank-N-Furter, um transexual bissexual que afirma vir da Transilvânia Transexual. Ele pede para que o casal fique e testemunhe a sua criação: um homem inventado para satisfazer seus desejos sexuais. 

Musical fantástico, com cenários e figurinos fodas. 


Estou em depressão cinematográfica. Anotei os filmes que assisti nessas últimas semanas e cheguei à conclusão de que entre 10 filmes, apenas 5 me chamaram a atenção de alguma maneira. Fiz esse post há alguns meses e percebi que vocês gostaram desse estilo de texto/sugestão, então resolvi fazer outro. Aceito sugestões de frases pra eu encaixar novos filmes! 

Manie
estudante de jornalismo, escritora por amor e professora nas horas vagas. 22 anos, moro em Floripa com meu companheiro e tomo cerca de 5 doses de café diárias. amo cheiro de livro velho e sou gamada numa biblioteca. adoro vinho barato, noites frias - dessas que sai fumacinha da boca. sou rolezera, mas também gosto de ficar em casa de buenas fazendo sopa.

talvez você também goste:

2 comentário (s)